Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Projeto Individual de Leitura’

Na sequência do Portefólio de Leituras, projeto de parceria BE/Grupo de Português, aqui fica uma Estante com sugestões de obras incluídas na lista do PNL para o Ensino Básico e que estão disponíveis para requisição. Mas não nos fiquemos por aqui, há muitos mais livros na biblioteca que podem interessar a vocês, jovens leitores da ESDS, que apresentaremos em próximas Estantes mas, melhor ainda: em vez de esperar, que tal uma visita à biblioteca e um passeio pelas suas estantes não virtuais? Ou deixar no nosso Livro de Sugestões algum nome de um livro que gostariam de ler e que nós nos “esquecemos” de comprar?

Este slideshow necessita de JavaScript.

Read Full Post »

portefólio de leituras

Philip Behá – reading

Tendo em conta a experiência colaborativa do ano anterior entre a BE e o Grupo de Português, foi proposto a este último a integração letiva no Ensino Básico de um Portefólio de Leituras que corporizasse um Projeto Individual de Leitura por parte de cada aluno.

Este projeto-programa, já previsto na avaliação da BE no ano final do passado ano letivo, tem em vista sistematizar uma série de práticas já levadas a cabo por muitos professores de Português, integrando o Portefólio no currículo, dando-lhe uma duração de ciclo e desejavelmente um papel na formação da classificação do aluno na disciplina.

No entanto, o mais importante de tudo é a adesão de novos leitores e a orientação daqueles que já se considerem como tal – de modo que todos possam olhar para trás e ver como evoluíram, como vão amadurecendo como leitores ao longo de cada trimestre, de cada ano letivo.

De início, muitas questões podem ser levantadas: Como conquistar novos leitores para iniciar o seu próprio projeto? Bom, o melhor será definir o seu ponto de partida possível. Não gosta de ler? Certamente haverá algum assunto de que goste… assim sendo, o projeto não tem de começar com obras da “grande literatura”: qualquer livro (desde que escrito num português correto) será melhor que nenhum livro.  Não gosta de ler em papel? Não interessa, se puder encontrar algo que goste em formato digital – a sintaxe, a pontuação e o léxico de um livro exibido num écran é igual à do papel e muitos de nós, professores, nascidos e criados no meio dos livros, temos de nos lembrar que eles, os mais novos, vivem entre écrans e que para a muitos  provavelmente esse já é o suporte mais familiar e confortável.

Respeitando esta premissa de que a adesão do aluno terá de envolver uma dimensão de autonomia e que dependerá muito dele o desafio de amadurecer como leitor, qual será o papel do professor? O professor poderá ser um bom orientador, propondo desafios de leitura cada mais complexos, sugerindo obras, experiências de leitura àqueles com menor autonomia para o fazerem por si próprios. Pode e deve também pedir a colaboração da BE em tudo o que achar necessário – é para isso que cá estamos…

Assim, para “arrancar”, aqui ficam então algumas sugestões de leitura feitas já por sítios/entidades especializadas e que podem, dependendo do estilo letivo de cada professor e das características dos seus alunos-leitores, constituir um quadro inicial de referências para este projeto.

clique para aceder à lista

clique para aceder ao sítio

Read Full Post »