Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Parque escolar’

Ao fim de 6 meses, a nossa sondagem sobre o acontecimento mais marcante no ano de 2016 deu uma nova vitória à vitória da equipa nacional de futebol no campeonato europeu, com 39% dos votos. Em 2º lugar, não muito atrás (34%), a eleição de Donald Trump continua a ser considerada, provavelmente não pelas melhores razões, o “acontecimento” do ano que passou. Outra vitória portuguesa, a eleição de Guterres para Secretário geral da ONU ficou em 3º, já um pouco distante dos anteriores, com 13,6% das escolhas. Também o Brexit mereceu a preferência de 6,8% dos leitores, enquanto 3,9% destacaram a “inesperada” atribuição do Nobel a Bob Dylan. Finalmente, a eleição de Marcelo Rebelo de Sousa para presidente e o golpe de estado na Turquia apenas recolheram 1,7% dos votos, sendo que a Web Summit em Lisboa não foi alvo de nenhuma escolha.

aprender.jpg

Agora que mais um ano letivo se aproxima do fim, após a introdução de alterações, como o fim dos exames para alguns ciclos de ensino e a reintrodução de provas de aferição, num momento em que se fala de alguma flexibilização dos curricula e da retoma do programa de reabilitação do parque escolar, perguntamos aos nossos leitores com vista ao próximo ano – Que medida teria maior impacto na melhoria do ensino/aprendizagem nas escolas portuguesas?

Não deixe de dar a sua opinião no quadro disponível nos painéis do lado direito da página.

imagem editada daqui

Read Full Post »

Seria evidentemente o tema da época, se não fosse, aliás, uma época em sim mesma – a rentrée, o regresso; seja ao trabalho em geral, seja ao futebol, seja ao debate político, seja, como é o caso que mais nos interessa, a um novo ano lectivo.

Tal como em todas as rentrées, discutem-se as condições em que este se processa: professores (não) colocados, novas regras, velhas regras, as despesas das famílias com os manuais escolares, enfim, já sem tanto caos ou foguetório de outros tempos mas ainda com direito a polémicas.

Faz então todo o sentido que lancemos, no advento de um novo ano lectivo, a pergunta aos nossos leitores: que factor(es) pensa que pode(m) contribuir para um melhor ano lectivo?

É evidente que a questão é mais profunda  – o que é afinal um melhor ano lectivo? Melhores classificações dos alunos? Maior grau de satisfação de todos os agentes de uma escola? Deixemos então aos nossos leitores essa interpretação, pois mais profundidade não cabe nos modestos propósitos desta sondagem, cujo único objectivo é suscitar alguma reflexão e interactividade por parte dos leitores.

E, já que estamos em maré de reflexões,  aqui fica uma,  a título mais pessoal , a propósito dos manuais escolares: Qual o seu papel no apoio à leccionação (pois ainda é muito disso – “papel” – que se trata) num mundo com tantas fontes de informação, em suportes tão diversificados?  Como os escolheremos para  os próximos 6 anos – seremos realmente capazes de adivinhar quão úteis ou obsoletos poderão ser até essa altura? (basta lembrar o mundo há seis anos atrás…) Não estarão demasiado sobrevalorizados nesta Sociedade da Informação? Não será antes função formativa dos professores o de ajudarem os alunos a serem críticos e selectivos no contacto com a imensa pluralidade informativa que os rodeia, quer queiramos ou não?

Mas, para celebrar mais uma rentrée, com ou sem nostalgia, aqui fica também uma galeria da memória das nossas, dos nossos pais ou dos nossos avós,  cartilhas e livros de leitura da escola primária.

Fernando Rebelo

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte das imagens: Santa Nostalgia

Também lhe pode interessar:

Porque é tão difícil ter boas escolas? (artigo de Edma Satar, em pdf)

Venda ilegal de manuais escolares em pacote (DN 27.08.10)

Preço de manuais sobe mais do que a inflação (DN 29.06.10)

Novo Estatuto do aluno (em pdf.)

Read Full Post »