Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Concurso’

À semelhança do ano letivo passado, a ESDS já está inscrita no concurso. Tens agora a oportunidade de ‘ouro’ para argumentares em defesa do livro que candidatas ao título de “O Mais Fixe”.

Conversa com a tua professora ou professor, organiza-te com os teus colegas e todos juntos farão mexer a Escola neste encontro de titãs pelos livros.

Na Biblioteca, encontrarás todo o apoio necessário e poderás promover o debate público em torno do teu partido-livro. O concurso é um apelo à Leitura, Cidadania e Desenvolvimento – É o teu concurso.

Consulta o Calendário aqui

Consulta o Regulamento aqui

Atenção: apresentação de candidaturas até 31 de outubro

 Que livros se ‘apresentam’ a estas eleições?

‘Todos os livros, sejam eles de prosa, poesia, banda desenhada ou teatro, podem ser candidatos.

A escolha dos livros candidatos que concorrerão a estas eleições será realizada pelos alunos, até 31 de outubro de 2019, através do preenchimento do formulário disponível em https://bit.ly/2NovekP

 Os alunos devem indicar o título completo do livro e o nome do seu autor. No caso das coleções, o que deve ser nomeado é o título individual do livro nomeado, e não a coleção. Cada aluno só pode fazer uma nomeação. ‘

PARTICIPA.

Read Full Post »

Já são conhecidos os vencedores da iniciativa «Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?». Esta edição, que contou com a participação de 78 382 alunos votantes de mais de 700 escolas, elegeu os livros que abaixo se exibem nos respetivos pódios. Curiosamente, enquanto no Ensino Secundário, o vencedor da ESDS é o mesmo que o escolhido a nível nacional, A Culpa é das Estrelas, o nosso vencedor local – O Principezinho –, nem surge no pódio nacional, onde reside, em primeiro lugar, Harry Potter e a Pedra Filosofal, que também foi alvo de campanha cá na escola.

Para saber tudo sobre o desfecho desta iniciativa aceda aqui.

Read Full Post »

sonho 3ºCiclo.jpg

A minha biblioteca de sonho

É um sítio irreal

Nas nuvens eu a ponho

É por isso especial.

 

Sossego, luz, cultura

É o que não vai faltar,

Depois da imaginação pura

À Terra vou voltar.

 

E eis que encontro parecido

Um agradável lugar

Onde tudo faz sentido

E a sabedoria está no ar.

 

Simpatia e amabilidade

Eu consigo encontrar,

Pois esta é na verdade

A minha biblioteca escolar.

Madalena Vitorino, 9º C

Read Full Post »

sonhos sec

Prémio

Uma “biblioteca de sonho” é, no mínimo, uma expressão estranha numa sociedade em que tudo o que é “de sonho” se afasta cada vez mais do livro. Mas, como diria Neil Gaiman, “um livro é um sonho que tu seguras nas tuas mãos”, e se calhar é mesmo isso que falta nesta sociedade, sonhar.

Se calhar é isso mesmo que nos falta, falta-nos os mundos, as personagens a ficção, falta-nos as lágrimas, o riso, o suspense, falta-nos descobrir o mundo sem sair do quarto, falta-nos viver mil vidas num virar de página.

E, se um só livro é tudo isto, então o que será uma biblioteca senão a porta para um novo mundo? Porque nunca uma biblioteca é “apenas uma biblioteca”, é, porém, uma nave espacial, que nos leva aos mais longínquos cantos do universo, ou uma máquina do tempo, que nos transporta do passado para o futuro num simples piscar de olhos, ou uma professora, que tem mais a ensinar que qualquer ser humano, ou uma amiga que te entretém e consola, quando mais ninguém o consegue fazer – mas, acima de tudo, um refúgio, para uma vida melhor e mais feliz.

É certo, então, que nunca uma “biblioteca de sonho” precisou de ser grande, bem decorada, ou ter livros mais eruditos, uma “biblioteca de sonho” não precisa mais do que um livro, daqueles que nos fazem sonhar, e apenas um leitor, de preferência, daqueles que ainda sabem sonhar.

Lara Alves, 12ºE

Menção Honrosa

A minha biblioteca de sonho teria a mesma função que as bibliotecas atuais: preservar o que de melhor há no mundo, os livros.

Esta minha biblioteca paradisíaca seria acessível a todos os que dela quisessem desfrutar, independentemente das idades. A sua estrutura seria de vidro e as poucas paredes deveriam ter cores vivas e alegres.

Para além das estantes mágicas com toda a variedade de livros, imagine-se a entrar numa sala deslumbrante, sobre um grande e retângular tapete vermelho, cujas portas cor de mel convidam o leitor a entrar. Experimente olhar à sua direita. Sentado nessa modesta cadeira pode observar Fernando Pessoa, que o espera para conversar. Entre e satisfaça a sua curiosidade. Saia e dirija-se a qualquer uma das outras centenas de portas nessa sala, pois, em cada uma delas, encontrará um grande escritor que anseia  dialogar consigo, respondendo a todas as suas inquietações.

A minha biblioteca de sonho daria vida aos livros, mas, principalmente, aos seus escritores, pois mais do que preservar os livros, é preservar a memória de quem os escreveu.

Sara Boisseau dos Santos, 11ºB

 

Read Full Post »

Este slideshow necessita de JavaScript.

Read Full Post »

Para celebrar a rentrée, os  alunos das turmas 7ºC e 7ºD, da professora Idalina Francisco, elaboraram uma primeira página especial para o seu 1º caderno  da disciplina de francês e produziram uma série de Torres Eiffel, que se encontram em exposição, com votação aberta aos visitantes para escolha da melhor. Participem!

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Read Full Post »

literacia-3d

Pelo 3º ano consecutivo, a Biblioteca da ESDS organizou a participação da escola no concurso Literacia 3D promovido pela Porto Editora. Como já tinha sido anunciado aqui no Bibli, em post anterior, a adesão dos alunos (130) foi mais do dobro de anos anteriores. Alunos do 7º (Literacia da Leitura) e do 8º (Literacia do Inglês) participaram na etapa da escola, realizada em 5 sessões, entre 20 e 24 de novembro de 2017.

Desta etapa da escola, foram apurados 6 alunos. Na Literacia do Inglês, Marta Vasconcelos, Patrícia Nunes e Guilherme Dias, do 8ºB, Rodrigo Caldeira, do 8ºC e Sofia Pereira, do 8ºD; na Literacia da Leitura, João Neto, do 7ºC. Estes alunos tomaram parte na fase distrital, que teve lugar a 28 de fevereiro na EB2,3 Barbosa du Bocage, em Setúbal.

distrital

alunos participantes na fase distrital

Marta Vasconcelos foi a grande vencedora da fase distrital, em Literacia do Inglês e teve assim presença garantida na final nacional que se realizou a 11 de maio, no Centro Ciência Viva, no Parque das Nações.

Para grande alegria da aluna, da sua professora de Inglês, Lurdes de Jesus, que a acompanhou, da biblioteca que promoveu o concurso e da ESDS, a Marta foi mais uma vez vencedora – desta vez a nível nacional!

Entre outros prémios, recebeu um curso de inglês de duas semanas em Cambridge, no próximo verão. Parabéns, Marta, estamos todos muito orgulhosos de ti!

 

Read Full Post »

Older Posts »