Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Blog’

Sonia Maria Luce Possentini (via Pizellades al món)

Sonia Maria Luce Possentini (via Pinzellades al món)

Read Full Post »

Foi em 31 de Outubro de 2008 que iniciámos este blog da BE da ESDS com um post alusivo ao Mês das Bibliotecas Escolares, publicado pela então bibliblogueira Teresa Antunes.

Ao longo destes 2 anos temos feito o nosso melhor para que continue a crescer como um sítio de comunicação, aprendizagem e sobretudo de partilha.

Nada mais adequado para este aniversário do que agradecer as 129.157 visitas até ao momento, mas mais particularmente os comentários de encorajamento que aqui têm deixado registados. Voltem sempre, cá estaremos…

Fernando Rebelo

"Regant les lletres", Stephane-Yves Barroux, via Pinzellades al món

Outras sugestões:

Read Full Post »

O Kidblog foi especialmente desenhado para professores do Ensino Básico que queiram fornecer a cada um dos alunos da sua turma o seu próprio blogue. As ferramentas simples mas eficazes do Kidblog permitem aos alunos publicarem artigos e participarem em foruns de debate no contexto seguro da sua comunidade-turma de bloggers, mantendo os professores um controlo completo sobre os conteúdos e podendo criar uma “turma” mesmo sem o recurso aos mails dos alunos.

(tradução/adaptação de http://kidblog.org/home.php)

NOTA DA EDIÇÃO:  o site está em inglês

clique para aceder ao site

Outras sugestões:

Read Full Post »

Enquanto decorrem os exames nacionais do 9º e 12º Anos, o Jornal Público mantém um blog sobre o tema, com informação e materiais relevantes em actualização constante para quem se quer manter a par do que se vai passando. O Blog contém notícias, pareceres de especialistas, regras e calendários assim como as provas que vão sendo realizadas e as respectivas correcções.

aceda ao blog

Ainda associado a este blog, surge um outro constituído por contribuições de alunos em época de exames. Os alunos são assim convidados a escrever sobre as suas experiências, antes e depois das provas, o modo como vivem melhor ou pior esta fase da sua vida escolar. De leitura interessante para todos os agentes educativos, mas seguramente a não perder para quem, sozinho, na solidão do estudo lhe apetecer  conhecer ou partilhar opiniões e emoções com outros que estão no mesmo barco.

aceda ao blog

Read Full Post »

Decorreu no passado dia 17 de Março de 2010, por volta das 17h30, na Fundação Calouste Gulbenkian, com a colaboração da Sociedade Portuguesa de Astronomia, a Sessão de encerramento do Ano Internacional da Astronomia 2009. O evento incluiu a inauguração da exposição “A Astronomia no Portugal de Hoje”, o lançamento do livro Mensageiro das Estrelas e uma conferência “Ano Internacional da Astronomia em Portugal: E depois do adeus”.

No âmbito desta área, as alunas Marta Serra e Ana Rodrigues estão a desenvolver um blogue de Astronomia, na disciplina de Área de Projecto, com o objectivo de divulgar a Astronomia junto da comunidade escolar e estimular o interesse pelo tema.

Skat – um blogue de Astronomia” vai desenvolver-se durante o corrente ano lectivo, com actualizações semanais. Proporcionará aos interessados uma visão atenta sobre o mundo da Astronomia e os desafios quotidianos dos cientistas desta área.

clique para aceder ao site

Ana Rodrigues e Marta Serra, 12º C

Orientação do projecto: Professora Laila Ribeiro

Read Full Post »

Um dos mais antigos projectos da nossa escola, o Biomuseu, Clube de Aquariofilia, já com 12 anos, continua a desenvolver e expandir as suas actividades graças a professores como Énia Sena e, actualmente, Carla Vaz e Marina Andrade, e alunos entusiastas – todos amantes da aquariofilia e estudiosos dos ecossistemas aquáticos. Uma visita a não perder.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Read Full Post »

Logo-LetraPeq_final_3

aceda ao site

Read Full Post »

No passado mês de Outubro, demos início aqui no Bibli a uma nova iniciativa: Prometeu Rouba o fogoa Sondagem do Mês. Perguntava-se aos leitores qual o efeito da utilização generalizada da internet nos hábitos de leitura e de escrita.

58% opinaram que a utilização da internet tinha criado novas oportunidades e meios para a prática da leitura e da escrita, enquanto 25% defenderam a tese contrária. Finalmente, 18% acharam que nada mudou: quem lia/escrevia continuou a ler/escrever. Regista-se o último lugar para a neutralidade.

É evidente que estas nossas sondagenzinhas não têm mais valor científico do que as que são publicadas em qualquer site informativo ou de opinião, não têm mais pretensões do que ser um pretexto, uma pausa para uma reflexão sobre um determinado assunto.

E, sobre este assunto que lançámos, haverá opiniões em todos os quadrantes e  para todos os gostos: desde os que concebem as Novas Tecnologias em si mesmas como um Prometeu ilimitado do séc. XXI  que roubará este novo fogo os deuses  até aos, que no outro extremo, no coro trágico, restrigem a credibilidade do conhecimento sólido, a aquisição do “saber” ao manuseamento das folhas de um livro.

Scribe-books-computerAssim também terá sido provavelmente quando surgiu a imprensa no século XV – o códice, objecto com um valor patrimonial enquanto tal, deu lugar a uma revolução que banalizou o objecto, multiplicando-o: passou-se do Livro (meio caminho entre obra de arte e suporte documental) para o Exemplar, perdeu-se em raridade ganhou-se em número de leitores.

Também na época terá sido defendida a tese de que a generalização do meio veiculava ideias pagãs, que o uso do vernáculo secularizava e dessacralizava o saber e, sem dúvida, muito mais difícil  se tornou a tarefa do index inquisitorial com a multiplicação industrial do material impresso.

Mas não nos iludamos: se, por um lado, não vejo razão para que o suporte, a facilidade no acesso à informação, à divulgação do escrito (veja-se a nova revolução na formação de opinião introduzida pela blogoesfera, pelo Twitter; o potencial epistolográfico do correio electrónico) não possam ser tidos como grandes aquisições humanas, na cidadania, na participação nas redes do conhecimento, também estes meios (e não fins) trouxeram novos perigos, novos desafios a quem procura promover um saber significativo.

Qualquer utilizador mais imaturo ou menos avisado destes espaços caverna tecnológicadesmaterializados, onde circula uma imensidão de bites diária, está sujeito a perigos que todos nós conhecemos. Sem querer abordar aspectos mais dramáticos do assunto, creio que muitos de nós já se deram conta do leitor-zapping em que muitos nos tornámos – a quantidade em detrimento da qualidade, a superficialidade  suplantando a reflexão e a investigação, o rumor sobre a verdadeira informação, o veloz corta-e-cola do Google em vez da trabalhosa síntese crítica.

Pois aqui está um importante papel para as bibliotecas escolares: ajudar a transformar tanto equipamento tecnológico, tanta informação em conhecimento, desenvolvimento, espírito crítico, cidadania…

Por tudo isto, neste ano em que se abrem novas oportunidades e se generalizam modelos de gestão das bibliotecas escolares, não vinha mais a propósito este tema que lançámos nesta nova sondagem que propomos para o mês de Novembro.

Participem!

Fernando C. Rebelo

Read Full Post »

Normalmente, quando publico um post, faço-o no plural. Isto porque, ao longo do ano lectivo anterior, outros blogueiros deram também vida ao Bibli . Agora, enquanto espero a adesão de uma nova equipa, deixo aqui à Teresa Antunes, parte do ADN deste, também seu, Bibli, um abraço especial.

Mas como a vida não pára, a Teresa, agora integrada na equipa da BE da ES Romeu Correia,  continua o seu afã bloguista com a criatividade com que marcou muitas vezes este outro sítio da BE da Daniel Sampaio.

Aqui fica então a notícia do lançamento do Romeu’s Blog e, como de laços se fazem links, cá estará também no cantinho das nossas especiais biblices.

Fernando Rebelo

romeu's


Read Full Post »

10000

Read Full Post »