Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘1ª República’

Muitas foram as aquisições recentes para a estante de História da nossa BE – esperamos que os outros leitores da ESDS as aproveitem com pelo menos uma parte do entusiasmo com que os nossos bibliblogueiros profª. Cristina Teixeira e Luís Fernandes recomendarem a sua aquisição. Aqui ficam as sugestões de quem sabe…

Para a  História de Portugal…

Um rol de Reis, uma Rainha (a outra estava esgotada…); dois destacados estadistas estadistas de vulto, um consensual, outro mais controverso, já contemporâneos: Salazar e Sá Carneiro(convém conhecer os responsáveis pelos nossos destinos), todos governantes portugueses ; uma revolução revista por um polémico analista e nada mais que três imperadores (num único livro) – três primos (pelo lado materno e/ou paterno), ligados familiarmente à  Rainha Vitória (dois netos directos e um terceiro por afinidade), que dominaram parcelas imensas da terra e empurraram o mundo para a Grande Guerra, deixando marcas indeléveis na história do século XX. Estas são as obras em destaque entre as recentes aquisições de livros de História para a biblioteca da escola.

Assim, a colecção REIS de PORTUGAL (Temas & Debates), escrita pelos mais reputados historiadores portugueses da actualidade, é uma excelente colecção de biografias régias, lançados pela Temas e Debates (e também pelo Círculo dos Leitores), que nos devolve, à luz da mais recente historiografia, não só a vida de quem nos governou durante 8 séculos, como dos contextos nacionais e internacionais que condicionaram as suas vidas e as sua decisões. Contêm, além da bibliografia exaustiva sobre o tema, dados cronológicos, estampas e gravuras de grande qualidade. Alguns reinados foram mais decisivos que outros  e esse foi o critério que presidiu à selecção das aquisições, embora alguns dos títulos preferidos se  encontrem entretanto esgotados, como a biografia de D. José, de D. Maria II, de D. Pedro V e de D. Luís. Segue lista das obras adquiridas nesta colecção:

D. Afonso Henriques, de José Mattoso

D. Afonso V, de Saul António Gomes

D. João II, de Luís Adão da Fonseca

D. Manuel I, de João Paulo Oliveira e Costa

D. Maria I, de Luís Oliveira Ramos

D. João VI, de Jorge Pedreira

D. Carlos, Rui Ramos

Igualmente de salientar: a História da colonização Portuguesa no Brasil, de Maria Beatriz Nizza da Silva, académica que lecciona tanto no Brasil, na Universidade de são Paulo, como em Portugal, na Universidade portucalense e na Universidade Aberta (edições Colibri); Exclusão e intolerância, número da revista Ler História, colectânea de artigos sobre a forma como em Portugal se tem lidado, ao longo dos tempo, com as várias minorias étnicas, religiosas e outras, aqui residentes, e sobretudo àquelas que foram alvo de perseguição pela Inquisição; O Estado, a Igreja e a Sociedade em Portugal -1832-1911, de Vítor Neto, uma edição da IN-CM, sobre a difícil e conturbada relação entre a instituição religiosa e o estado durante a consolidação do liberalismo em Portugal; Afonso Costa, de Filipe Ribeiro de Meneses (Leya) e Diário dos Vencidos – o 5 de Outubro visto pelos monárquicos em 1910. de Joaquim Leitão, com prefácio de Vasco Pulido Valente (Aletheia Editores). Sobre a mesma temática foi adquirido também este ano, entre outros, o livro de Jorge Morais, Regicídio, a contagem decrescente, sobre a implicação dos monárquicos dissidentes e da maçonaria no derrube da monarquia, dando-nos uma crónica detalhada da trama que vitimou o Rei e o Príncipe Real em 1908).

Finalmente, como já foi referido, Salazar, de Filipe Ribeiro de Menezes, investigador do Trinity College de Dublin e docente da National University of Ireland, e grande especialista da primeira metade do século XX, é uma excelente biografia do homem que durante meio século conduziu a história do país e que foi o único que, como o autor começa por nos lembrar, entre todos os ditadores da época, chegou ao poder por mérito académico, e  Sá Carneiro, de Miguel Pinheiro, uma extensa biografia do malogrado e carismático político, do fim do marcelismo e dos primeiros anos da República democrática pós 25 de Abri, trágica e precocemente morto no polémico acidente de Camarate.

Sobre a História Mundial…

Os Três Imperadores – três primos, três impérios e o caminho para a Primeira Guerra Mundial, de Miranda Cárter (Texto História): obra várias vezes premiada e fundamental para se compreender a violência dos acontecimentos que caracterizaram o século XX. Uma biografia de Nicolau II, czar da Rússia, Jorge V, do Reino Unido e do Kaiser Guilherme II do Império alemão – retratos de vida e de famílias, de laços familiares impossíveis e ilusórios, de cobiças e conflitos que empurraram a civilização para a Primeira Guerra Mundial.

Cristina Teixeira

Read Full Post »